(Resenha): Em Algum Lugar nas Estrelas

Em Alguns Lugar nas Estrelas
Autor: Clare Vanderpool
Nota: ★★★★★
Editora: DarkSide Books
Páginas: 288



“Em Algum Lugar nas Estrelas é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. ”

Olá leitores, quem é vivo sempre aparece e agora sem muitas provas e trabalhos pendentes na faculdade. Amém? Amém! Gostaria de iniciar essa resenha perguntando se vocês já conheciam o selo DarkLove da editora DarkSide Books? Não? Gente é sério, corre porque é muito amor, diferentemente da temática de histórias de terror que eles costumam publicar, o selo DarkLove traz histórias fantásticas e cheias de mistérios, que trazem à tona toda nossa sensibilidade com a leitura. E para tudo ficar ainda mais maravilhoso o selo mergulha na vibe do empoderamento feminino, onde todas as histórias são escritas por mulheres que tem o dom de nos apresentar novas culturas enigmáticas.

Em Algum Lugar nas Estrelas tem como ambiente principal o Maine, no final da década de 1940, ou seja, no período Pós-Segunda Guerra Mundial. O pré-adolescente Jack está vivendo tempos difíceis, sua amada mãe falecera a pouco tempo e o seu pai, digamos que devido ao seu trabalho (ou por não conseguir lhe dar com a situação) era bem distante. Para completar o ciclo tenebroso, Jack teria que se mudar do Kansas que era onde havia nascido e crescido, para Maine, mas especificadamente para um internato militar.




Como um menino de 13 anos consegue lhe dar com todas essas coisas novas acontecendo em sua vida? A perda da mãe, ausência do pai, mudar de cidade, de escola, novos amigos... Ele estava tentando, não queria parecer um turista, tudo bem que as vezes não fazia as melhores escolhas.

E foi assim, no internato em Maine, que Jack conheceu o garoto mais estranho do mundo inteiro. Early Auden era realmente peculiar, não tinha pai nem mãe, carregava em si toda uma energia encantadora e misteriosa, o menino musical que escutava sempre Billie Holiday em dias chuvosos. Tamanha esquisitice confundia e chamava a atenção de Jack, que duvidava por vezes das estranhas afirmações e achismos do pequeno Early, que aliás sempre tinha certeza.



É impossível não se apaixonar por Early, desde o início da leitura podemos perceber que o garoto tem o seu mundo particular e o vive tão intensamente. A partir de determinados atos chegamos à conclusão de que ele é autista, sua extrema genialidade e o quão focado fica quando tem interesse em algo em particular.

E é a partir de tal premissa que Early utiliza do número 3,14 (O Pi) para tentar entender o mundo a sua volta, os números lhe conta a história e só depende de você abrir seu coração para que possa viajar junto com o menino nessa história fascinante.

Juntos Early e Jack viveram aventuras perigosas, cheias de ensinamentos e mensagens valiosas, Jack aos poucos vai ceder ao mundo do nosso pequeno Early e encontrará ao seu lado o conforto que procura, uma amizade linda se criará nesse ambiente mágico.



É muito interessante o fato da autora em nenhum momento mencionar a palavra autismo para definir Early, e ela explica maravilhosamente o porquê de tal escolha no final do livro. Aliás, Clare Vanderpool escreve tão bem, eu fiquei apaixonada desde o início. Ela consegue durante toda a leitura te envolver e acalentar, como um cobertor em um dia frio. A escrita é extremamente sensível e tocante, como todo o livro.

Eu tenho certeza que aprendi muita coisa com essa leitura, e sabe qual é a coisa mais interessante? É que tenho certeza que vou reler outras vezes, e todas as vezes aprenderei coisas distintas, vou conseguir ver outras formas se encontrando e conseguir linkar outros pontos que antes não tinha visto. Porque o livro é assim, fascinante e misterioso.

O livro é lindo, perfeito. A editora realmente caprichou nos detalhes, passei muito tempo admirando a capa, as folhas, os desenhos, senti vontade de abraça-lo (sério, não sou louca). As frases, mensagens, músicas... se eu não parar aqui agora não vou conseguir parar de elogiar mais...



Até a próxima.

Comente com o Facebook:

16 comentários :

  1. Olá, tudo bom?

    Vi muita gente falando sobre o livro mas não conhecia muito sobre e agora fiquei com muita vontade de ler, parece um daqueles livros que eu vou amar e querer reler sempre.

    Beijos:*
    Escritas na Chuva

    ResponderExcluir
  2. Oiee Cinthia ^^
    Que fotos liindas ♥ Eu ainda não tive a oportunidade de ler este livro, mas estou doidinha para fazê-lo, pois tenho visto muita coisa boa a respeito dele. E, mesmo se não fosse bom, acho que ainda assim eu o quereria na minha estante...haha' Parece ser um livro lindamente perfeito, espero gostar tanto quanto você.
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu particulamente só vi elogios pro cima de elogios referente a essé livro, que tenho muita curiosidade em ler, kkkk. As edições da Dark é muito amor mesmo, você não cansa de admirar a me leva delas rsrs. Espero ler super em breve a obra e ter as mesma experiências que você, pois sempre é bom absorver e levar com você algo que se aprendeu em um livro ♡♡♡. Até mais vê
    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Nossa, eu vi as imagens da edição do livro e está linda!
    Eu ainda não li o livro, mas fiquei intrigada com essa trama. Estou bem interessada para fazer a leitura.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Olá Cinthia,
    Li dois livros dessa editora e sou apaixonada por eles.
    Gostei muito de conhecer sua opinião sobre esse livro e achei muito bacana você ter dito que aprendeu com a leitura e que aprenderá muito mais ao reler. Um ponto bem positivo que você disse e elevou esse livro na lista de quero ler foi que a autora não se valeu da palavra autista para se referir ao personagem.
    Dica mais do que anotada.
    Espero gostar tanto quanto você.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Eu amei sua resenha, me deixou muito empolgada pela leitura, que aliás, deve ser muiiito delicada e linda. Quero saber porque a autora não denominou sobre o autismo, achei interessante. Que edição linda essa da DarkSide, preciso comprar logo.
    beijo
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li este selo da editora, mas é uma pretensão que tenho. O livro eu já conhecia, mas não é um que eu queria ler, apesar que sua resenha me balançou. Foi fácil imaginar você relendo o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá Cinthia...
    Confesso para você que até um tempo atrás eu não conhecia esse livro mas desde o instante em que vi essa capa, eu me apaixonei!
    Sua resenha é a primeira que leio sobre o livro e está simplesmente perfeita e de fato é muito diferente de tudo o que já li até agora.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  9. Esse é mais um daqueles livros que comprei no lançamento e ainda não li. Aliás, é algo que preciso resolver logo. Várias pessoas falam muito bem desse livro, e acho que devo tirá-lo logo da pilha. E quando uma pessoa, logo ao final da primeira leitura já diz que quer reler, é a melhor de todas as indicações.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  10. É tão bom quando um livro conquista a gente que ao final a gente tem vontade de abraçar ele,não é mesmo? Eu amo essa sensação!!!
    E pela sua resenha, é exatamente o que imagino sentir ao realizar essa leitura, que entrou na minha lista de desejados por causa da capa, mas que parece ter uma história tão linda quanto ela.
    Conhecia o selo da editora, mas não sabia que ele era só com mulheres. curti isso!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  11. OI Cinthia!!!!!!!!!

    Olha todos falam muito bem dessa editora e de seus selos, eu particularmente só fico paquerando, pois como o design é tão caprichado o preço fica salgado. Não conhecia a estória desse livro, embora o tenha visto circulando pela internet. O fato da autora abordar o autismo mexeu comigo, sou educadora e área de educação especial me pertence, rs, então minha curiosidade ficou bem aguçada. Vou colocar na minha lista e rezar por uma promoção. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oii Cinthia, tudo bem? Sua resenha ficou maravilhosa! Ultimamente tenho lido muitos comentários elogiosos sobre o livro, e estou MORRENDO de vontade de ler! Tenho certeza que irei gostar da obra, e principalmente dos personagens, que parecem tão diferentes e fascinantes. Espero ter a oportunidade muito em breve!! Fora que essa edição está simplesmente encantadora.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá!! Ganhei esse livro de aniversário mês passado, mas ainda não tive tempo para lê-lo. Estou curiosíssima para a leitura. Eu já tinha ouvido falar do selo DarkLove, mas não sabia o que significava de verdade e, adoreeeeeei essa questão de toda a fantasia e empoderamento feminino (tenho alguns dos livros e não sabia hahahha). A diagramação desse livro é perfeita demaaaaais, deixa a gente ainda mais ansioso para ler. Amei a resenha! Beijos.

    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi ! Ainda não conhecia o selo Dark love , mas hoje mesmo viu conhecer leituras desse selo. Eu simplesmente tô encantada com a beleza desse livro , tanto pela forma física quanto pelo conteúdo e Olha que eu ainda não li . Através do seu olhar nessa resenha , o livro trás aquela história de amizade qu3 todos queremos ter em algum momento , ou para o resto , da vida. Valeu muita a indicação. Já vai pra minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  15. Olá, eu adoro livro de aventura, ainda mais aventuras com viagens e sendo protagonizadas por crianças, isso parece deixar a aventura ainda mais divertida e fantasiosa, eu adorei realmente a premisa do livro e o fato do personagem ter essa síndrome que na época não era realmeente considerada umaa doença é bem legal,

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Estou encantada pela capa desse livro! E a sinopse e sua resenha são perfeitas e apenas aumentou minha vontade de ler <3
    Os temas que o livro aborda apenas me interessou mais pela história. Quero esse livro pra ontem kkkk'
    Sou perdida e não sabia do selo DarkLove da DarkSide, até o porque não leio terror e não sou ligada a essa editora, motivos que desconhecia o selo. Adorei saber!

    Beijo,beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...