(Resenha) A Menina Que Tinha Dons

A Menina Que Tinha Dons
Autor: M. R. Carey
Nota: ★★★★★
Editora: Rocco ( Fábrica 231 )
Páginas: 384



“Cultuado autor de quadrinhos e roteiros da Marvel e da DC Comics, entre eles algumas das mais elogiadas histórias de X-Men e O Quarteto Fantástico, o britânico M. R. Carey apresenta uma trama original e emocionante em sua estreia como romancista com A menina que tinha dons, lançamento do selo Fábrica231. Aclamado pela crítica, o livro se tornou um best-seller imediato na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos ao contar a história de Melanie, uma menina superdotada que faz parte de um grupo de crianças portadoras de um vírus que se espalhou pela Terra e que são a única esperança de reverter os efeitos dessa terrível praga sobre a humanidade. Uma comovente história sobre amor, perda e companheirismo encenada num futuro distópico. ”

Melanie sabe que é inteligente, aprende com facilidade as coisas que lhe ensinam, mas ainda não entende muito bem o que está acontecendo ao seu redor. Os fatos ainda estão distorcidos em sua mente, muitas perguntas e poucas respostas, é como podemos descrevê-la. A realidade é que um vírus dizimou quase toda a população mundial, e somente um pequeno grupo ainda luta para permanecer vivo, isso tudo dentro de uma base militar fortificada e aonde estudos acontecem para que a cura seja descoberta. Cura? Sim, as pessoas afetadas viram uma espécie de “famintos” que, ao sentir o cheiro dos humanos, os caçam até que os devoram por inteiro. Ela compreende tudo isso, o que não consegue entender ainda é qual o seu papel e o que ela significa.


Ela não é a única criança na base, tem a companhia de seus colegas de turma, mas o contato é permitido somente durante a aula, a verdade é que todos eles são mantidos presos e isolados dentro de celas individuais. Só conseguem se deslocar quando são levados amarrados em cadeiras de roda para a sala de aula. A menina realmente não entende o porquê de tanto distanciamento, ninguém os toca, o tratamento recebido é extremamente severo e rude, como se eles fossem um perigo constante, e o segredo que envolve o sumiço de algumas crianças que vão e nunca mais voltam a assombra.



 Sua grande exceção é a Srta. Justineau, uma de suas professoras e por quem Melanie desenvolveu um afeto maternal. Em quem Melanie confia e vê como referência, e ela sente a reciprocidade do carinho. Ela decide que independentemente de qualquer coisa que possa acontecer, é na Srta. Justineau que ela encontra seu lar.

Mas Melanie vê seu medo ganhar força quando percebe que chegou a sua vez de ir e não voltar, o sargento Parks a leva para a sala da Dra. Caldwell, e ela não vê muitas saídas, é o seu fim. Porém os acontecimentos que se sucedem mudam todo o rumo da história. Os Famintos invadiram a base, e ela vê sua chance de fugir de tudo o que a Dra. Caldwell pretendia fazer com ela.

Ela só não entende essa vontade quem vem crescendo dentro dela, esse instinto que até então desconhecia em seu interior, e agora teme mais que tudo do que seja capaz de fazer.

Comentários:



Esse é para os fortes, a narração é tão empolgante e realista, que cheguei a sentir as dores dos personagens, as imagens vêm em sequências na sua mente, não tem como fugir. É narrado em terceira pessoa por diversos pontos de vista, o que na minha opinião, da maior fluidez na narrativa e uma perspectiva ampla da história.

M. R. Carey é roteirista de X-men e Hellblazer, e isso explica um pouco o sucesso do livro e o porquê dele ter o poder de te tirar da realidade e te magnetizar durante toda a narrativa, que envolve muita ação, drama, e um pouquinho de amor diferenciado (vocês entenderão).

É impossível não se envolver com a relação que Melanie cria com a Srta. Justineau, é comovente e ao mesmo tempo desestabilizadora, Melanie é uma “criança” extremamente inteligente e carente de atenção, vê na professora a mãe que nunca teve, e Srta. Justineau desempenha e incorpora o papel com maestria.

A história é desmembrada da melhor maneira possível, não tem como não se surpreender e se chocar com seus acontecimentos, de longe uma das melhores obras de ficção científica que li nos últimos tempos, não há confusão, tudo é explicado e entendido da melhor maneira possível, e a possível solução no final é ainda mais eletrizante.


Recomendo a todos que curte uma boa narrativa pós apocalíptica. 

Comente com o Facebook:

8 comentários :

  1. Helloo, Cynthia! Tudo numa nice?!
    Há muito tempo eu queria conferir essa obra, não sei porquê, simplesmente me atraiu. E não tem nada a ver com o cara que escreveu ser renomado, eu realmente só senti vontade de ler, mas no entanto sempre fiquei adiando a perspectiva. Nunca li muitas resenhas do livro, acho que a sua foi a primeira. Gostei bastante do que foi apresentado e estou querendo colocar essa obra em dia. Espero me impressionar.
    Ótima resenha.
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu não conhecia este livro, a sua resenha ficou ótima, bem completa. O livro me parece ser bem interessante, pelo que você falou gostei bastante.

    Beijos.
    http://garotadeallstart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá ! <3
    Eu amo o seu blog, eu decidi seguir seu blog , Você me seguir também?
    Uma saudação. Thank you.
    xox
    Laura
    obsesionporlalectura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Cinthia.
    Eu queria muito ler esse livro, mas só tinha lido resenhas negativas sobre ele até agora. O pessoal falando que se decepcionaram com o livro. Mas agora me deu vontade de novo e vou colocar na minha lista de futuras leituras.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cinthia! Tudo bem? Sempre vejo muitos comentários positivos sobre essa obra, então tenho muita vontade de lê-la. Adorei sua resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cinthia,
    Nossa só vejo elogios sobre esse livro que fica difícil não querer ler.
    Esse já está na minha lista há um tempinho *-*
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  7. Ooi! Esse livro é sempre muito bem elogiado. Infelizmente eu ainda não tive a oportunidade de lê-lo mas espero conseguir em breve. Não sabia que o autor é roteirista dessas obras, adorei a curiosidade. Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor!!
    Tenho esse livro há muito tempo na estante, mas nunca me interessou taaaaaaanto... Ganhei até de cortesia no skoob rs
    Parei pra ler sua resenha todinha pra ver na real do que se trata e acho que posso até gostar rs
    Fiquei até curiosa, inclusive!!
    Muito bacana sua resenha ;)

    Bom Final de Semana!!

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...