Resenha: Prometo Falhar

Prometo Falhar
Autor: Pedro Chagas Freitas
Nota: ★★★★★
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400



“Prometo Falhar é um livro que fala de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. Em crônicas desconcertantes, Pedro convida o leitor a revisitar suas próprias impressões sobre os relacionamentos humanos. A linguagem fluida, livre, sem amarras, faz querer ler tudo de uma vez e depois ligar para o autor para terminar a conversa. Medo, frustração, inveja, ciúme e todos os sentimentos que nos ensinaram a sufocar são expostos sem pudores. Mergulhe de cabeça numa obra que mostra que é possível sair ileso de tudo, menos do amor. Você escolhe a ordem em que vai ler as crônicas do jovem escritor que tem 21 obras publicadas e é sucesso de vendas em Portugal. ”

Eu poderia tentar te persuadir, te convencer que o livro é bom apenas com algumas palavras e fazer com que você fosse a uma livraria ou a uma loja online e efetuasse a compra. Eu poderia fazer isso, se eu quisesse, apenas para agradar a editora que depositou em mim tanta confiança, a qual eu posso dizer que sou parceira. Eu poderia simplesmente escrever quaisquer inverdades aqui, com o intuito de agradar quem quer que seja. Mas não conseguiria, não mais, não depois desse livro. Sou outra pessoa, sou uma pessoa melhor. O amor faz isso, o amor no formato de um livro.

Eu demorei para falar sobre esse livro, na verdade eu esqueci, li página após página e simplesmente depois comecei a ler de novo e de novo. Tentei entender a magnitude das palavras de Pedro Chagas Freitas, tentei assimilar cada ação, cada crônica. Após um tempo eu já não imaginava mais, eu era, eu sentia.




Todos deveriam saber, deveriam entender, sofreriam menos. Não existe amor perfeito, ele é imperfeito e isso é o que o tornas deliciosamente perfeito. Sim, ele é palpável, ele é possível. O que o autor faz com suas palavras é te contar a verdade, da forma mais filosófica e atraente.

E não me refiro somente ao mais clássico dos amores, o entre duas pessoas, a paixão. E sim a todos os tipos de amores do mundo, de pai para filho, de filho para pai, de irmãos, de almas gêmeas, o amor pela vida.



Desilusões, dor, sofrimento, alegrias, saudades, todos são componentes do que nos faz viver, do que nos dá sentido.

Sim, estou apaixonada pelo livro. Estou apaixonada por cada crônica. Por cada personagem que neles me identifiquei, identifiquei amigos, identifiquei parentes...
Sempre fui apaixonada por crônicas, mas nunca, de coração, nunca me senti desta maneira lendo um livro de crônicas como me senti com Prometo Falhar.

Aliás, está aqui o que torna tudo tão especial. Duas palavras que mudará sua vida, seu conceito do que é viver, do que é amar. Prometo Falhar e assim vou indo, vindo, amando, sonhando...



 Obrigada Pedro Chagas Freitas, por essa obra-prima, saiba que sim você já fez a diferença, e espero que continue fazendo.


Beijos.


Comente com o Facebook:

3 comentários :

  1. Estou louca para ler esse livro! Já vi alguns desses cartões com frases circulando pelo instagram e amei todas. Tenho certeza que também vou amar o livro, ele já está na minha listinha de desejos :)

    Beijos,
    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha simmm!!! Os cartõezinhos, eu tenho certeza que você vai gostar... é quase impossível que não. Prometo Falhar foi uma surpresa mais do que agradável <3 Obrigada pela visita.

      Excluir
  2. Que capa mais doida... adorei!
    Fiquei curiosa para conferir!
    SUA ESTANTE
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...